231920547
PT | EN | FR | ES

Condições Gerais de Venda

CONDIÇÕES DE VENDA :
Assim que efetuar uma encomenda, adere de imediato a todas as condições de venda abaixo. A SOHO reserva-se no direito de alterar as presentes condições de venda, sem aviso prévio. 
PREÇOS:
Os preços da sua encomenda, serão unicamente válidos para essa encomenda, podendo ser diferentes para futuras compras. No entanto, o preço da sua encomenda será válido mesmo que o artigo tenha ficado pendente. Os preços estão com IVA à taxa em vigor. Os preços publicados no site serão válidos salvo erro de publicação.
RUTURAS DE STOCK:
Sempre que um ou mais artigos constantes na sua Nota de Encomenda se encontrem em Rutura de Stock, ficarão guardados automaticamente em pendentes, sendo fornecidos imediatamente assim que estejam disponíveis para entrega. Caso pretenda anulá-los, contacte por e-mail e/ou telefone.
PORTES E ENCOMENDA MÍNIMA:
Portugal continental
• Para encomendas superiores a 75 euros (sem IVA), os portes são gratuitos. 
• Para encomendas inferiores a 75 euros (sem IVA) serão debitados (+ IVA) de portes. 
• Não há encomenda MÍNIMA.
Ilhas – Consultar por telefone e/ou e-mail
PAGAMENTOS:
Transferência Bancária – Após encomenda, a mesma será enviada assim que for confirmada a transferência para a nossa conta :PT50 0045 3250 4016716786460 Envio de confirmações: sohomrt@sapo.pt.
Todas as mercadorias são consideradas propriedade da SOHO, até que se verifique o seu pagamento total. 
ENTREGAS:
Portugal continental - até 48 horas
Ilhas – consultar por e-mail.
DEVOLUÇÕES/RECLAMAÇÕES:
Logo que seja entregue, a mercadoria deve ser conferida pelo comprador, de modo a verificar se está de acordo com o solicitado. 
Só serão aceites reclamações e/ou devoluções quando devidamente justificadas e num prazo máximo de 4 dias após a receção da mercadoria. 
Os artigos sujeitos a reclamação/devolução, devem apresentar-se acondicionados na caixa de origem, não devem ter sido usados, nem devem ter sofrido qualquer dano físico.
No caso da mercadoria ter sido rececionada com defeito, a entrega da mesma deverá ser recusada e assinalado o motivo da recusa na Guia de Entrega da transportadora. 
LITÍGIO:
Na necessidade de resolver qualquer litígio, designa-se obrigatoriamente o foro do tribunal cível de Santa Comba Dão.
Esta empresa está ao dispor para qualquer esclarecimento ou resolução de qualquer problema relacionado com o serviço prestado. Informa-se ainda que podem, enquanto consumidores, recorrer à Entidade Alternativa de Conflito de Consumo (entidade de RAL).
Entidade de RAL: CNIACC - Centro Nacional de Informação de Arbitragem de Conflitos de Consumo : Web: http.//arbitragemdeconsumo.org/

www.livroreclamacoes.pt